menu
Brasília - DF | Whatsapp: (61) 98146-1781
Da redação
Brasília - DF
AUMENTO
POLÍTICA
POLÍTICA
AUMENTO
Postada em 04/01/2017 ás 09h05 - atualizada em 04/01/2017 ás 18h06
Câmara vai se reunir no dia 12 de janeiro para deliberar sobre passagens
Os deputados, no entanto, insistem que querem acordo com o Executivo para reduzir o percentual do reajuste.
Câmara vai se reunir no dia 12 de janeiro para deliberar sobre passagens

Foto: CLDF/Silvio Abdon

Após novo encontro da Mesa Diretora com o governador sem conseguir a sustação de decreto que reajustou as passagens de ônibus e metrô em até 25%, o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Joe Valle (PDT), anunciou no final da tarde desta terça-feira (3) a convocação extraordinária dos deputados distritais para 12 de janeiro (quinta-feira), às 15h, no Plenário. Nesta sessão, os deputados debaterão o decreto que reajustou as passagens. Não há custos extras e nem pagamentos aos deputados por esta convocação. Os deputados, no entanto, insistem que querem acordo com o Executivo para reduzir o percentual do reajuste.



Depois da reunião na noite de ontem, no Palácio do Buriti, os deputados da Mesa Diretora novamente foram recebidos hoje por Rollemberg em Águas Claras. Levaram a ele uma proposta de suspensão temporária do aumento por 15 dias, mas o governador mais uma vez se negou a qualquer recuo na majoração das tarifas, que estão em vigência desde a última segunda-feira (2).



"Decidimos convocar a Câmara Legislativa para o dia 12, pois muitos deputados que estão fora de Brasília manifestaram que também querem participar desse processo", explicou o presidente. Ele anunciou que um grupo de trabalho atuará no Legislativo para discutir tecnicamente o problema, ouvindo os mais variados segmentos interessados, como representantes de usuários do transporte coletivo e também do setor produtivo.



"Levamos ao governador a sugestão de que a Câmara Legislativa poderia abrir mão de cerca de 50 milhões do seu orçamento para ajudar a evitar o reajuste das passagens", informou Valle. Ele garantiu ainda que os deputados distritais irão analisar também, na convocação extraordinária, a atual política da gratuidade nas tarifas e outras medidas "para acabar com o insustentável déficit anual de 600 milhões de reais bancado pelo governo". 



Via CLDF


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
facebook
twitter
Licença Creative Commons
EmMinuto.com 2015-2017 Em Minuto Mídia e Comunicação LTDA - Creative Commons Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional
Site desenvolvido pela Lenium