menu
Brasília - DF | Whatsapp: (61) 98146-1781
Agência Brasília
Brasília - DF
VIRADA DO ANO
ENTRETENIMENTO
ENTRETENIMENTO
VIRADA DO ANO
Postada em 29/12/2016 ás 11h33 - atualizada em 29/12/2016 ás 11h40
Réveillon em Brasília terá shows, oficinas e feira criativa
Fabinho Samba é um dos cinco artistas brasilienses que se apresentam na Prainha, um dos palcos da festa da virada. No Museu Nacional, atrações musicais serão do DF, do Rio de Janeiro e de São Paulo.
Réveillon em Brasília terá shows, oficinas e feira criativa

O rapper Criolo, de São Paulo, fará a contagem regressiva antes dos fogos de artifício que vão celebrar a chegada de 2017. (Foto: Divulgação)

As festas gratuitas de ano-novo em Brasília serão marcadas por atividades culturais. Da noite de 31 de dezembro até a madrugada de 1º de janeiro, os palcos do Museu Nacional (Conjunto Cultural da República, Esplanada dos Ministérios) e da Praça dos Orixás (Setor de Clubes Sul), a Prainha, recebem atrações musicais de estilos variados. Oficinas, espetáculos circenses e feira criativa também fazem parte da programação que fecha 2016.



No repertório do show O Samba Pede Passagem, Fabinho levará ao público clássicos, como Ary Barroso e Caetano Veloso, e composições de raiz africana. Acompanhado por sete músicos, o artista também executa peças autorais, entre elas, Samba na Curimba.



“Tracei várias metas ao levar o samba pelo DF neste ano. Essa seleção é uma ótima forma de fechar essa trajetória”, comemora o morador de Ceilândia, de 35 anos. O brasiliense é um dos seis representantes locais selecionados pelo chamamento público da Secretaria de Cultura para animar as celebrações.



"Tracei várias metas ao levar o samba pelo DF neste ano. Essa seleção é uma ótima forma de fechar essa trajetória"Fabinho Samba, artista selecionado pela Cultura para a festa de ano-novo brasiliense


Outros quatro brasilienses escolhidos por meio de concorrência pública da Cultura garantirão o festejo na Prainha. A cantora Thabata Lorena abre o evento às 19h05, seguida pelo Grupo Cultura Obará. Ambos levam ao público músicas inspiradas na ancestralidade africana. Antes da virada do ano, haverá um intervalo para cerimônias religiosas. À 0h30 do primeiro dia de 2017, a sambista Renata Jambeiro apresenta o show Baile Fogaréu.



Fabinho Samba dá continuidade à programação à 1h25, seguido pelo músico Máximo Mansur, baiano radicado em Brasília desde 1998, que sobe ao palco às 2h20 com obras musicais que enaltecem a cultura afro-brasileira.



Programação no Museu da República



No Museu da República, às 18h45, toca a banda Zaktar, outra selecionada pelo chamamento público da Secretaria de Cultura. Às 19h45, os brasilienses da Móveis Coloniais de Acaju fazem o show de despedida da banda nascida na capital federal. Entre uma atração e outra, quem embala a noite é o DJ Ocimar, outro representante do cenário musical da cidade.



A cantora Flora Matos, que iniciou a carreira em Brasília e vive na capital paulista, entra no palco às 21 horas. Os sambistas cariocas do Fundo de Quintal começam a tocar às 22h15. As apresentações desses artistas serão intercaladas pela DJ Donna.



R$ 937 milCusto das festas do réveillon de Brasília


O rapper Criolo, de São Paulo, fará a contagem regressiva antes dos fogos de artifício que vão celebrar a chegada de 2017. Ele toca das 23h35 à 0h45. O encerramento será no ritmo do funk carioca, sob o comando da MC Carol, de Niterói (RJ), que entra no palco à 1 hora.



De acordo com a Cultura, o custo com a festa ficará em R$ 937.459,69 — R$ 565.259,69 de investimento em estrutura, R$ 303 mil para cachês dos músicos e R$ 69,2 mil para artistas locais.



Outras atividades na praça do Museu Nacional



Dois espetáculos circenses também integram a série de atividades para o público que for ao museu. Na sexta-feira (30), o grupo Pilombetagem apresenta o Palhaço Peteleco, às 11h10, e, ao meio-dia, a trupe ministra uma oficina de malabares. O Circo Rebote, do grupo Atalapa, terá sessões às 11h10 e às 16h10 do sábado (31).



Ainda na sexta-feira, interessados poderão participar da Oficina de Skate, ministrada por Gabriel Zago das 10 às 11 horas. No sábado (31), o DJ Hool Ramos comanda a Oficina de DJ, das 10 às 11 horas, e das 15 às 16 horas. Todos os artistas foram selecionados pelo chamamento da Cultura.



Feira Criativa do Réveillon 2017



No sábado (31), último dia de 2016, o Museu Nacional vai abrigar ainda a Feira Criativa do Réveillon 2017, a partir das 14 horas. A iniciativa, lançada pela Secretaria Adjunta de Turismo, da pasta do Esporte, Turismo e Lazer, em parceria com a Secretaria de Cultura, selecionou nove expositores. São produtores de objetos de design (decoração, joias), vestuário, obras de arte, artesanato, além de autores independentes de literatura.


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
facebook
twitter
Licença Creative Commons
EmMinuto.com 2015-2017 Em Minuto Mídia e Comunicação LTDA - Creative Commons Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional
Site desenvolvido pela Lenium